Mindfulness ou Atenção Plena

Por Danielle Rodrigues Hassene

Mindfulness ou Atenção Plena é um conjunto de práticas para aprimorar a capacidade de estar consciente dos próprios pensamentos, emoções e sensações com maior percepção e aceitação.

O conceito vem da meditação Budista na qual a mente experimenta o momento presente e observa acontecimentos internos e externos. O médico Jon Kabat-Zinno o descreve como um momento de concentração e atenção plena, sem julgamentos. Experimentar qualquer situação no momento presente de forma aberta, curiosa e autêntica.

A prática do Mindfulness combina meditação e exercícios de atenção. Enquanto a meditação é praticada em momentos de pausa, os exercícios podem ser praticados a qualquer momento do dia.

Desta forma, amplia-se a capacidade de regulação do fluxo de pensamentos, diminuindo a aceleração mental e emocional. Por meio do treino e aprimoramento da atenção, pode-se desenvolver uma atitude flexível e tolerante às situações externas e manifestações do corpo e mente.

A prática habitual costuma oferecer bons resultados em casos de ansiedade, depressão, estresse e baixa produtividade. Melhora a capacidade criativa, concentração, memória, relaxamento e a qualidade do sono.

O bem-estar depende da harmonia entre corpo e mente, que, ao funcionarem de modo integrado, equilibram emoções, pensamentos e o diálogo interno. Isto libera uma energia vital que se transforma em atividade, produtividade e criatividade.

As consequências se refletem no aumento da satisfação pessoal, empatia e melhora dos relacionamentos interpessoais na vida pessoal ou no trabalho. Portanto, as chances de doenças relacionadas ao estresse emocional, físico ou laboral, como a Síndrome de Burnout tendem a diminuir.

Mindfulness e o bem-estar pessoal

Uma forma simples de começar é diariamente listar dez coisas pelas quais você é grato. Não importa se são coisas simples ou cotidianas. O objetivo é melhorar a percepção de fatos e acontecimentos que não foram percebidos e estimular a gratidão.

Mindfulness na alimentação

Durante suas refeições, não use celular, televisão ou nada que possa diminuir a sua atenção. Observe seus alimentos, cores, odor, sabor e textura. Mastigue devagar e deguste. Comer com calma é um hábito importante para uma alimentação saudável e balanceada.

Meditação de 3 minutos:

  • Se coloque em uma posição confortável e imóvel por três minutos.
  • Mantenha a atenção em sua respiração em seu abdômen.
  • Perceba o ar que entra e sai de seus pulmões.
  • Inspire devagar até encher o peito e expire lentamente.
  • Escute o suave ruído interno de sua respiração.
  • Sinta como seus músculos relaxam e os batimentos cardíacos diminuem.
  • Perceba seu estado mental, emocional e relaxe!

Bibliografia sugerida:

Danielle Rodrigues Hassene – Médica psiquiatra e psicoterapeuta graduada pelo Instituto de Psiquiatria, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPUB/UFRJ). Formação em formação em Neurociências e Marketing. Membro da Associação Brasileira de Psiquiatria e Associação Brasileira de Medicina do Sono. Professora, palestrante e pesquisadora em transtornos de ansiedade, sono e síndrome de Burnout. Também é facilitadora do Projeto Sobre(o)Viver do CRMV-RJ.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *